Pensar em quais tipos de mídias publicitárias são ideais para o setor automotivo exige entender bem onde se está pisando. Afinal, por anos esse segmento utilizou os meios tradicionais de publicidade para divulgar os seus produtos e, agora, precisa lidar com todas as possibilidades e responsabilidades que o digital traz.

Sendo assim, é muito importante conhecer os tipos de mídias e como elas funcionam, a fim de determinar estratégias efetivas para a divulgação — criando campanhas que realmente impactem o consumidor.

Por isso, neste texto, vamos apresentar para você quais são elas. Entenda!

Como as mídias publicitárias ajudam no sucesso da empresa?

É fato que quanto mais pessoas conhecem o seu produto ou serviço, mais chances a empresa tem de atrair e fidelizar clientes. Se no passado, gastava-se bastante para ter um espaço na TV ou no Jornal, hoje em dia, com as mídias digitais, é possível competir de igual para igual com grandes companhias por muito menos.

Logo, além da divulgação tradicional, em que se compra um espaço de tempo para divulgar o produto, existem também a propagação on-line. Sendo assim, as mídias digitais estão aí para proporcionar uma maior aproximação entre o cliente e a companhia.

Por exemplo, nas redes sociais é possível conversar diretamente com o consumidor. Ele pode até reclamar sobre algo que não o satisfaça, mas você terá a oportunidade de contornar cordialmente e rapidamente a situação. Também há a probabilidade de gerar valor por meio de informações sobre o segmento do produto. Um blog pode conter artigos que ajudam o cliente e, ao mesmo tempo, divulgam a marca.

Por que os dispositivos móveis são uma tendência para a publicidade automotiva?

O digital tem um grande papel quando o assunto é divulgação e fidelização de clientes. Sendo assim, uma empresa que deseja crescer precisa de uma estratégia para a internet. Contudo, mais do que a web, é importante estar atento ao mobile, pois, ao longo da década de 2010, tornou-se uma das principais formas de acesso, principalmente para o automotivo.

De acordo com a pesquisa feita pela IgnitioOne em 2017, é cada vez maior a capacidade dos dispositivos móveis converterem possíveis compradores — leads. Enquanto cada vez menos, os desktops são utilizados. Em termos de números, as conversões de celular aumentaram 25% no quarto trimestre do mesmo ano, enquanto de PC caíram 15%.

Quais são os tipos de mídia publicitária mais procurados por empresas?

No total, existem três mídias que podem ser utilizadas para a divulgação de produtos e serviços. Duas delas podem funcionar de acordo com o meio aplicado: on-line e off-line, enquanto a terceira representa o resultado de ambas. Vamos entender mais a seguir quais são!

Mídia Paga

A primeira está relacionada à publicidade mais tradicional, ou seja, meios como TV, rádio, revistas, jornais e até eventos fazem parte dela. Em cada um, a forma de divulgação é diferente. Por exemplo, na TV é preciso alugar um tempo na programação, enquanto nos meios impressos é possível adquirir um espaço em uma publicação.

É bom saber que a mídia paga, por muito tempo, foi a única maneira de conseguir um grande alcance, no entanto, sua desvantagem era o valor bem mais alto que outras mídias — fator predominante até hoje.

Mídia Própria

Diferente da paga, essa não está relacionada exatamente com o espaço de outro meio. Ela é disponibilizada pela própria empresa, logo, a companhia tem controle total do tempo e da quantidade de conteúdo produzido.

Geralmente, é executada pelos meios digitais, por meio de redes sociais, sites, e-mails, panfletos, entre outros. O custo é um dos principais diferenciais dessa mídia, pois, para a empresa, tende a ser bem mais barata.

Para a divulgação, é possível desenvolver um conteúdo e colocá-lo na internet de graça. É gasto com a produção e a aplicação de alguns conceitos, porém, a mensagem chega às pessoas sem que a empresa precise desembolsar altas quantias.

Mídia Espontânea

Essa é, talvez, a mídia na qual a empresa tem menos controle, pois depende do cliente para acontecer. Logo, ela é o retrato de todo o esforço da empresa em desenvolver bons produtos e ter uma boa reputação perante seus consumidores. Ter sucesso nela significa fidelizar seu público e fazer com que ele fale bem da companhia sempre que tem oportunidade, inclusive, indicando para outras pessoas.

De todas as possibilidades de divulgação, essa é a que mais tem chance de efetivar, pois indica confiança. Ademais, com o aumento do uso dos meios digitais, a mídia espontânea começou a ter um grande destaque. Quanto mais engajados, mais chances de que a visão deles seja positiva sobre a empresa.

Quais são os tipos de mídia que se adéquam mais ao setor automotivo?

Como pudemos ver, cada tipo de mídia tem características que ajudam na conversão de clientes de uma maneira geral. No entanto, algumas têm bons benefícios, como serem mais baratas e terem um alcance bastante diversificado.

É o caso da mídia própria, que também garante mais liberdade de tempo e de conteúdo. No entanto, quando estamos falando de marketing, é preciso pensar de uma maneira mais ampla — sendo pouco aconselhável não apostar em todas as possibilidades disponíveis.

Como a mídia espontânea é muito mais resultado de outras ações da empresa, o interessante é juntar a paga com a própria e definir uma estratégia. Uma ideia interessante é utilizar a primeira para fazer o produto ou serviço ser conhecido e a segunda de modo a criar uma fidelidade — fornecendo informações para os clientes, dando suporte, explicando benefícios, entre outros.

Ao longo deste texto, vimos como funciona e as diferenças dos tipos de mídias publicitárias disponíveis. Podemos perceber que cada uma exige da empresa uma visão específica: a mídia paga pode ser ideal para divulgar o produto ou serviço, já a própria funciona como uma maneira de fidelizar os consumidores e efetivar a venda.

Enquanto isso, a espontânea tem relação direta com o sucesso das duas anteriores, mostrando o quanto a empresa conseguiu criar uma relação com seus clientes tão forte que é bem vista no mercado.

Nosso texto foi útil para você? Está precisando melhorar o alcance do seu negócio? Então, entre agora em contato com um dos nossos especialistas!