Quer saber como fazer a emissão de notas fiscais?

Você, como empresário, tem conhecimento da importância de oficializar operações como compra e venda somente mediante a emissão de notas fiscais?

Para cada operação envolvendo mercadoria existe uma nota fiscal correspondente. Porém, vemos que, no ímpeto de fugir dos encargos que uma nota fiscal de venda e serviço geral, alguns gestores optam por realizar a operação sem o documento fiscal equivalente.

Contudo, precisamos alertar os empresários do perigo que seu negócio corre quando opera no mercado sem os devidos registros de venda. Para exemplificar melhor esse cenário, elaboramos um conteúdo para mostrar quais são os principais riscos ao não emitir uma nota fiscal. Acompanhe e confira!

O que precisa saber para emitir minha primeira nota fiscal?

A princípio, é fundamental que o empresário sabia identificar as seguintes questões:

qual tipo de nota sua empresa emite;
o regime de tributação do negócio;
a importância da automatização para emissão de notas fiscais;
entender por que é importante declarar os ganhos por meio da NF-e.

Para que você absorva melhor a informação, vamos explicar cada tópico separadamente, ok? Vamos lá!

Qual é o tipo de nota fiscal que você deve emitir?

A emissão de notas fiscais pode parecer complexa, mas entender quais tipos de notas existem facilita a compreensão do processo.

Para cada tipo de operação existe um modelo de nota fiscal eletrônica correspondente à atividade que foi exercida pela empresa. Por esse motivo, é necessário que o empresário entenda todos os modelos para identificar qual nota se enquadra melhor ao seu negócio.

Diante de diversos tipos de nota, nós temos as principais, que são:

Nota fiscal de produto (NF-e)

Um modelo que é usado nas operações que envolve venda de produtos físicos, como: carros, motos, caminhões dentre outras coisas. Em resumo, quando existe uma compra de mercadoria física, é importante que o empresário emita uma nota para o cliente.

Nota fiscal de serviço (NFS-e)

O próprio nome já diz. As empresas que trabalham com prestação de serviço, seja ele de qualquer natureza, devem emitir esse modelo de nota. Serviços de manutenção, consultoria, assessoria, dentre outros.

Fora os modelos mencionados, há ainda outros, tais como: NFC-e que substituiu o Cupom Fiscal (ECF) e o CT-e (reconhecimento de transporte eletrônico).

Por que devo ficar atento ao regime de tributação?

Só é possível fazer a emissão de notas fiscais ao incluir as informações corretas de imposto, CST e outros. Para cada tipo de regime tributário, existe uma regra imposta pelo governo federal que deve ser seguida.

Para os empresários que não dominam o assunto, recomendamos que procure um contador que possa lhe auxiliar nesse setor.

Qual a importância da automatização?

Cometer erros na emissão de notas ficais é comum, principalmente se essa atividade é feita manualmente. Por ser uma ação contínua, mesmo sendo executada por uma pessoa com conhecimento adequado, a chance de errar algo é grande.

Por essa razão, é recomendável que as empresas automatizem esse processo. Com softwares empresariais preparados para isso, o empresário não precisa se preocupar com as questões burocráticas e complexas de emissão de notas ficais.

Por que é importante declarar todos os ganhos?

A conduta correta é que sua empresa declare absolutamente tudo, por isso, é importante que ter um contador responsável para manter a organização e controle de margem de lucro e rendimentos em geral.

Não podemos deixar de evidenciar que todas as informações que sua empresa repassa para a Receita Federal mediante devem ser verídicas. Além disso, lembramos que sonegação é crime passível de punições.

Por isso, ressaltamos a importância de declarar todos os ganhos de maneira correta. Afinal de contas, você não quer que sua empresa receba correções em razão de falhas internas, não é mesmo?

E aí, gostou das dicas? Entendeu quais sãos os pré-requisitos básicos para emissão de notas fiscais? Então, compartilhe este conteúdo para que os seus amigos também saibam mais sobre o assunto!

Não deixe de conferir nosso Ebook sobre Gestão comercial e de vendas: corrigindo todos os erros e atuando com excelência. Clique e baixe o seu gratuitamente.